Álvaro de Sá, Flávio Diniz, Frederico Marcos e Neide Sá – Exposição "Monumental 2017, Arte Móvel"

Marina da Glória, Rio de Janeiro
19.11—17.12.2017

 

A partir do dia 19 de novembro, filmes-poemas abstratos dos artistas Álvaro de Sá, Flávio Diniz, Frederico Marcos e Neide Sá estarão em exibição na exposição “Monumental 2017 – Arte Móvel”, com curadoria de Marc Pottier. A exposição acontece na Marina da Glória, no Rio de Janeiro, do dia 19 de novembro a 17 de dezembro, das 10h às 22h.

Rodrigo Garcia Dutra e Yasmin Guimarães – Exposição "Almas não tem idade"

Sítio Prisma d'Água, Goiás
09—20.11.2017

 

A partir do dia 9 de novembro, obras dos artistas Rodrigo Garcia Dutra e Yasmin Guimarães estarão em exibição na mostra “Almas não tem idade”, com curadoria de Rodrigo Garcia Dutra. “Almas não tem idade” é uma exposição de arte sobre crescimento e ciclos, incluindo artistas que possuem qualidade visionárias, estrutura conceitual ou iniciativas locais que honram seus antepassados.

A exposição acontece no sítio Prisma d’Água, Rodovia GO 118 km 23, em Alto Paraíso de Goiás, Goiás. A mostra pode ser visitada do dia 9 a 20 de novembro, das 9h às 19h30.

Rosana Paulino - Padrão dos Descobrimentos

13.10.2017

 

A partir de amanhã (14/10) ás 17h, Rosana Paulino apresenta a exposição “Atlântico Vermelho” no museu Padrão dos Descobrimentos em Lisboa, Portugal. A mostra, cujos trabalhos da mesma série a artista expos pela primeira vez na Galeria Superfície em 2016, investiga o aniquilamento e subjugação das populações negras através da escravidão, tendo a ciência, a religião e a ideia de progresso sido usadas para justificar os mais aterrorizadores abusos.

A exposição pode ser visitada de terça-feira a domingo das 10h às 18h. O “Padrão dos Descobrimentos” fica na Av. Brasília 1400-038, Lisboa, Portugal.

Art In Odd Places - Anna Costa e Silva

10.10.2017

 

Anna Costa e Silva realiza ‘Thoughtfeeling Practices’ (‘Práticas de Estar Com’) no festival de arte pública “Art In Odd Places 2017: Sense”, em Nova York. Curado por Nicolás Dumit Estévez Raful, Rocío Aranda-Alvarado (El Museo del Barrio) e Jodi Waynberg (Artists Alliance Inc), o festival promove trabalhos interativos nas ruas da cidade. ‘Thoughtfeeling Practices’, apresentado por Anna, são experiências de interação silenciosa que provocam intimidade e estranheza entre 2 participantes que não se conhecem. Através de atividades propostas pela artista e realizadas em conjunto, o público é convidado a lidar com  noções de tempo, espaço e relação humana de forma íntima e não-convencional.

Art in Odd Places 2017: SENSE acontece de 12 a 15 de outubro de 2017, na 14th Street, desde Ave C até o Hudson River.

 

Exposição "Agora somos todxs negrxs?" - Rosana Paulino

Galpão VB, São Paulo
31.08—16.12.2017

 

A partir do dia 31 de agosto, a obra Tecido Social, da artista Rosana Paulino, estará em exibição na mostra “Agora somos todxs negrxs?”, com curadoria de Daniel Lima. A exposição acontece no Galpão VB, em São Paulo, do dia 31 de agosto até o dia 16 de dezembro. A exposição pode ser visitada de terça a sábado, das 12h às 18h. A entrada é gratuita.

Betty Leirner - Semana de Arte

(stand 03)
17—20.08.2017

 

A Galeria Superfície tem o prazer de apresentar  um projeto individual da artista e poeta Betty Leirner por ocasião da Feira Semana de Arte em São Paulo.  A feira ocorre no Hotel Unique do dia 17 a 20 de agosto de 2017 onde  será apresentado um conjunto de obras  dos anos 80 / 90 de  sua  produção. Estarão em exibição trabalhos da série ‘Réservées’  – objetos reecontrados – que hipotéticamente apropriam-se  de um lugar, espaço, fração de tempo. Também serão mostrados o poema visual de grande formato ‘CE QUI EST IST’ do início de sua pesquisa relativa à transparência, bem como outros trabalhos nos quais a artista concentra  sua indagação objetual e filosófica acerca da `cor incolor`. Betty Leirner (São Paulo, vive em Basel) é formada em cinema pela ECA/USP. Realiza sua primeira exposição individual, a minimalista ‘Squares of Light’, no Museu de Arte de São Paulo MASP em 1978. Contemplada com uma bolsa de pós-graduação de três anos pela Fundação Konrad Adenauer, Alemanha, muda-se para a Europa pela segunda vez em 1991, onde desenvolve as relações entre escrita, imagem e suporte e suas pesquisas relativas à desmaterialização. Fixa residência em Hamburgo até 2002 – em seguida instala o atelier ‘Landscape’ na cidade de Basel, Suíça. Interliga processos sonoros, visuais e linguísticos em seus filmes, objetos reencontrados e textos esparsos, atualizando a poesia como a medula das artes. realfiction.ch Imagem: Betty Leirner Reserviert            (1995-2017)  Impressão sobre  polímero. 5 x 12 x 5 cm.   Serviço: Semana de Arte 2017 Hotel Unique Av. Brigadeiro Luís Antônio, 4.700 São Paulo – SP – 01402-002   Horários: Dia 18 (sexta) 12h – 20h Dia 19 (sábado) 12h – 20h Dia 20 (domingo) 12h – 18h   www.semana.art

PROJETO DESVIOS - MARTINHO PATRÍCIO

SESC Palladium - Belo Horizonte
09.08—17.09.2017

 

Martinho Patrício participa do Projeto Desvios, com a instalação Me Molde, no Sesc Palladium. A obra é aberta à intervenção do público e vai ao encontro com a pesquisa do artista sobre as relações de cor, tecido, e o corpo participante dos visitantes. O projeto é curado por Raphael Fonseca. Serviço: Projeto Desvios. Abertura: 8 de agosto, às 19h. Visitação: de 9 de agosto até 17 de setembro. Foyers. Sesc Palladium. Belo Horizonte – MG. Entrada gratuita.  

Exposição "Mais Do Que Araras" - Neide Sá e Falves Silva

SESC Palladium - Belo Horizonte
09.08—01.10.2017

 

Neide Sá e Falves Silva integram a mostra Mais Do Que Araras, curada por Raphael Fonseca, no SESC Palladium. A exposição parte do aniversário de 50 anos da instalação Tropicália, do artista Hélio Oiticica, e reúne obras produzidas no período de 1960 ao começo dos anos 1980 por artistas que pesquisavam questões já presentes na Tropicália e no Tropicalismo. Serviço: Mais Do Que Araras.    Abertura: 8 de agosto, às 19h.   Visitação: de 9 de agosto a 1 de outubro. Terça a domingo, das 9h às 21h. Galeria GTO – Sesc Palladium. Belo Horizonte – MG. Entrada franca.

Vista da instalação Éter, Phosphorus, São Paulo

Exposição Éter - Anna Costa e Silva

Centro Cultural Justiça Federal - Rio de Janeiro
14.07—27.08.2017

 

A artista Anna Costa e Silva abre nessa sexta-feira, dia 14 de julho, a individual Éter. Na mostra a artista irá expor a instalação sonora Éter, na qual depoimentos foram colhidos pela artistas através de conversas no estado entre sono e vigília com pessoas desconhecidas. A exposição tem texto do artista Nei Franklin e fica até o dia 27 de agosto, no Centro Cultural Justiça Federal, no Rio de Janeiro. Visitação de terça a domingo, das 12h às 19h. Entrada gratuita.

Exposição Osso, Rosana Paulino

28.06—30.07.2017

 

A artista Rosana Paulino participa da coletiva OSSO – exposição-apelo ao amplo direito de defesa de Rafael Braga, que abre nessa quarta-feira, dia 28, no Instituto Tomie Ohtake. A exposição tem curadoria de Paulo Miyada e fica até o dia 30 de julho para a visitação do público. Entrada franca.

Ofereço Companhia - Partículas

Unanimous Night - Anna Costa e Silva

16.06—13.08.2017

 

A artista Anna Costa e Silva está fazendo uma nova versão do seu trabalho Éter, que convida pessoas a dormir com a artista e ter conversas íntimas num estado entre o sono e a vigília, na exposição Unanimous Night, no Contemporary Art Centre (CAC), na cidade de Vilnius, na Lituânia. A mostra tem curadoria de Bernardo José de Souza.

Poema/Processo: vanguarda e história

Basel, Suíça
14—15.06.2017

 

Em comemoração aos 50 anos do movimento vanguardista de poesia visual Poema/Processo [Brasil, 1967], a Maison de la Poésie situada em Basel apresenta a exposição – Poema/Processo: vanguarda e história.

 

Serviço

Local:

Allgemeine Lesegesellschaft

Endereço: Münsterplatz, 8

4001, Basel, Suíça

lesegesellschaft-basel.ch

Período expositivo:

quarta-feira, dia 14.06  14h – 21h.

quinta-feira, dia 15.06   9h – 12h.

Entrada gratuita