Veja todas as obras

Anna Costa e Silva

Anna Costa e Silva trabalha a partir de situações construídas entre pessoas, que propõem reformulações dos tecidos sociais e afetivos tendo o encontro como principal matéria. Seus projetos acontecem nas interseções entre artes visuais e cênicas, práticas relacionais e cinema e se materializam, ou não, em instalações, filmes, sons ou situações efêmeras. A artista cria dispositivos que impulsionam estados de intimidade e estranheza e esticam os limites entre realidade e ficção, eu e o outro, experiência e memória.

Mestre em Artes Visuais pela School of Visual Arts, NY, recebeu prêmios como FOCO Bradesco ArtRio, Bolsa Funarte de Produção Artística e American Austrian Foundation Prize for Fine Arts, competindo com mestrandos de todas as universidades americanas. Entre 2014 e 2018, realizou 10 exposições individuais, entre elas “Assíntotas” na Caixa Cultural, “Púrpura” uma experiência móvel pela cidade do Rio de Janeiro,  “Ofereço Companhia” na Galeria Superfície e “Éter” no Centro Cultural São Paulo, selecionado para a Mostra de Exposições. Expôs seu trabalho em diversas exposições coletivas, em instituições como Contemporary Art Center, Vilnius, Art In Odd Places, Interstate Projects, NY, Casa Triangulo, SP, Parque Lage, Galeria do Lago, Casa França Brasil, Oi Futuro,  A Gentil Carioca, RJ, e participou da mostra de vídeos Inventing Abstraction do MoMA- NY. Foi artista residente no Phosphorus, SP, na School of Making Thinking, NY e na Salzburg Academy, Austria, e atualmente está em residencia no Pivo, São Paulo. Tem trabalhos em coleções públicas e particulares, entre elas o MAR- Museu de Arte do Rio.

Começou sua trajetória estudando Cinema e dirigindo curtas metragens exibidos em 40 festivais pelo mundo. Trabalhou como assistente de direção para diretores como Cacá Diegues, Jorge Durán e Marcos Prado. Dirigiu as séries documentais “Olhar” para o Canal Arte1 e “Os Ímpares” para o Canal Curta!.





Nascida em 1988, Rio de Janeiro, Brasil.
Vive e trabalha no Rio de Janeiro, Brasil.

Exposições na Galeria Superfície

2017

Anna Costa e Silva - Ofereço Companhia

Mostra de Acervo

2019

E Tudo Me Parece Voo



Exposições Individuais

2019

E Tudo Me Parece Voo. Galeria Superfície, São Paulo, Brasil.

Fogo Sobre Lago. Auroras, São Paulo, Brasil.

2018

Éter. Centro Cultural, São Paulo, São Paulo, Brasil.

Sopro. Marquês456, Rio de Janeiro, Brasil.

Púrpura. Experiência móvel pela cidade do Rio de Janeiro, Brasil.

2017

Éter. Centro Cultural Justiça Federal, Rio de Janeiro, Brasil.

Ofereço Companhia. Galeria Superfície, São Paulo, Brasil.

2016

Assíntotas. Espaço EMCB, Rio de Janeiro, Brasil.

Eu, Eu que Estou à Espera. Casamata, Rio de Janeiro, Brasil.

2015

Éter. Espaço Phosphorus, São Paulo, Brasil.

Autorretrato Ano 02. Muv Gallery, Rio de Janeiro, Brasil.

2014

Assíntotas. Caixa Cultural, Rio de Janeiro, Brasil.



Exposições Coletivas

2019

Dominó. Casa da Luz, São Paulo, Brasil.

Ontem, Hoje, Agora. Solar dos Abacaxis, Rio de Janeiro, Brasil.

Lar Doce Lar. Espaço Cultural da Embaixada do Brasil, Buenos Aires, Argentina.

A Vida Não É Só a Praticidade das Coisas. Galeria Silvia Cintra + Box4, Rio de Janeiro, Brasil.

The Verve. Border Art Space, Nova York, EUA.

2018

Projeto MIRA. ArtRio, Rio de Janeiro, Brasil.

Interstício. Átomos, Rio de Janeiro, Brasil.

Respeita. Cep 20000, Rio de Janeiro, Brasil.

Caixa Preta. Galeria Anita Schwartz, Rio de Janeiro, Brasil.

Arte Laguna Art Prize. Nappe Arsenale Nort, Veneza, Itália.

2017

Art in Odd Places. Nova York, EUA.

Unanimous Night. Contemporary Art Center, Vilnius, Lituânia.

A Grandiosa Festa Junina de Santo Antônio dos Abacaxis. Solar dos Abacaxis, Rio de Janeiro, Brasil.

Mostra Self-Service. Despina/Largo das Artes, Rio de Janeiro, Brasil.

2016

A Coisa Pública. Largo das Artes, Rio de Janeiro, Brasil.

O que Vem com a Aurora. Casa Triângulo, São Paulo, Brasil.

Xanadona. A Gentil Carioca, Rio de Janeiro, Brasil.

I Mostra Imagem em Movimento do Parque Lage. Casa França Brasil, Rio de Janeiro, Brasil.

2015

Prima Verinha Cósmica. Oi Futuro, Flamengo, Rio de Janeiro, Brasil.

Caminhada Silenciosa e Práticas de Estar Com. Espaço Phosphorus, São Paulo, Brasil.

Encruzilhada. Parque Lage, Rio de Janeiro, Brasil.

Casa 70. Casa 70, Rio de Janeiro, Brasil.

Ocupação Arte Sonora. Rio de Janeiro, Brasil.

2014

Práticas de Estar Com/Encontros Não Documentados. Galeria do Lago, Rio de Janeiro, Brasil.

Prêmio FOCO Bradesco ArtRio. ArtRio, Rio de Janeiro, Brasil.

In Search for the Magic Lantern. Grey Zone, Nova York, EUA.

Group Velocit. Interestate Projects, Nova York, EUA.

Bota na Roda 11. Rio de Janeiro, Brasil.

Práticas de Estar Com. Parque Lage, Rio de Janeiro, Brasil.

A Realidade É Só uma Forma – Anna Costa e Silva, Elisa Pessoa e Gab Marcondes. Centro Cultural Justiça Federal, Rio de Janeiro, Brasil.

2013

Acervo Aberto. TAL Tech Art Lab, Rio de Janeiro, Brasil.

Performar a Loucura . Museu Imagens do Insconsciente, Rio de Janeiro, Brasil.

Between Two Thoughts. Westside Gallery, Nova York, EUA.

Inventing Abstraction. Museum of Modern Art, Nova York, EUA.

Práticas de Estar com 04. Metropolitan Museum of Art, Nova York, EUA.

Split Ends. Visual Arts Gallery, Nova York, EUA.

2012

SPAM. Flushing Town Hall, Nova York, EUA.

Self-Portrait . Salzburg International Academy of Fine Arts, Salzburgo, Áustria.

Práticas de Estar com 02. Catskills Gallery, Catskills, EUA.

Práticas de Estar com 01. School of Making Thinking, Catskills, EUA .

2009

Fábrica. Fábrica Bhering, Rio de Janeiro, Brasil.



Coleções Públicas

MAR – Museu de Arte do Rio, Rio de Janeiro, Brasil.