réserviért

Veja todas as obras

Betty Leirner

Betty Leirner nasce em 1959 em São Paulo, Brasil, e inicia sua carreira artística em 1976 no MASP, Museu de Arte de São Paulo. Dois anos depois, em 1978, publica ‘ Squares of Light’, livro ‘poetográfico’, que dá lugar, neste mesmo museu,  à sua primeira exposição individual. Em 1981, antes de transferir-se do Brasil para a Europa,  finaliza seus estudos de Cinema na ECA, Universidade de São Paulo, onde conhece Walter Zanini. Em uma breve passagem pela FAAP, relaciona-se com Herbert Duschenes e Julio Plaza, influentes em seu fazer. De volta ao Brasil em 1985, concebe e realiza o projeto ‘Palavra Imágica’ no MAC, Museu de Arte Contemporânea de São Paulo. Em ‘Palavra Imágica’, Betty Leirner apresenta sua seminal pesquisa relacionada à tradição  das intersecções entre linguagens no Brasil, ao expor, lado a lado, entre outros, Augusto de Campos, Edgard Braga e  Pedro Xisto, Waldemar Cordeiro, Mira Schendel e Hélio Oiticica. De  1980 a 1990, Betty Leirner concebe e desenvolve uma série de palavras-conceito, que revela, multilingue  e incolor, em seu livro  ‘Les Etres Lettres’ (Os Seres Letras), apresentado, entre outros no  MAM, Museu de Arte Moderna de São Paulo, Musée d’art Moderne et Contemporaine, Nice,  Franklin Furnace New York,  e no Museu de Poesia Contemporânea e Haiku em  Kitakami, Japão, bem como em suas leituras-solo nas casas de Literatura de Hamburgo e Viena. Depois de viver nos Alpes Alemães e Italianos, e nos Pirineus Franceses, Betty Leirner muda-se para a cidade de Hamburgo, onde realizou exposições e ‘solo-screenings’ no Schauspielhaus, na  Filmhaus, e na  Cinemateca Metropolis. O Museum fuer Voelkerkunde, Museu de Etnologia de Hamburgo, convida-a em 2000,  para realizar a primeira intervenção de arte contemporânea da história do Museu, ‘Nowehereland, Japan’. Em 2010, a Cinemateca Brasileira junto ao Instituto Goethe apresenta uma Retrospectiva de Betty Leirner  em São Paulo, com sete programas de videofilmes. Em 2011, em Berlin participa da exposição ‘A Wake’ no espaço Momentum, e apresenta uma compilação de seus filmes no Arsenal Kino, proposta por Adam Nankervis, paralela à sua exposição  no ‘Another Vacant Space’, Berlin. Betty Leirner vive e trabalha como artista e autora em Basel.





Nascida em 1959, São Paulo, Brasil.
Vive e trabalha na Basiléia, Suíça.

Exposições na Galeria Superfície

2017

Palavras-Síntese



Exposições Individuais

2017

Palavras - Síntese (Placenta Writing) – Galeria Superfície, São Paulo, Brasil.

2011

Booked - another vacant space, Berlim, Alemanha.

2010

Retrospectiva Betty Leirner – Cinemateca Brasileira, São Paulo, Brasil.

2006

O reino menos o Rei (Cinema) - Museu de Arte Moderna MAM , São Paulo, Brasil.

2002

Political Mistakes - Ludwig Forum für Internationale Kunst, Aachen, Alemanha.

2001

Splace: Episódios de geografia subjetiva - Paço das Artes, São Paulo, Brasil.

Fotofilms - Black Box – Film Museum Düsseldorf, Alemanha.

2000

Nowhereland, Japan: Betty Leirner Prints - Museum für Voelkerkunde, Hamburgo, Alemanha.

1999

Nowhereland Japan - Doitsu Bunka Kaikan, Osaka, Japão.

1998

Poems and Translations - Haus der Kulturen der Welt, Berlim, Alemanha.

Mostra de Video, Museu Brasileiro da Escultura, São Paulo, Brasil.

Orte und NIcht-Orte - Literaturhaus Hamburgo, Alemanha.

1997

Videopoems Deutsches Schauspielhaus , Hamburgo, Alemanha.

Darstellung eines Satzes: Betty Leirner - Literaturhaus Hamburgo, Alemanha.

1996

Figuras de Linguagem, Betty Leirner – Instituto Cultural Brasileiro ICBRA, Berlim, Alemanha.

1995

Video de Autor - Museu da Imagem e do Som MIS, São Paulo, Brasil.

Amor - Galerie Donguy, Paris, França.

Poesia Abstrata - Galerie Pohlhammer, Steyr, Austria.

1992

Materia Mentale - Westwerk, Hamburgo, Alemanha.

1987

Um Poema de Betty Leirner (Ce Qui Est Ist) - Centro Cultural São Paulo, Brasil.

1986

OmniversO - Augosto Augusta São Paulo, Brasil.

1978

Squares of Light - Museu de Arte de São Paulo MASP, São Paulo, Brasil.



Exposições Coletivas

2015

On Demand Three - Galerie Tengeboschvanvreden, Amsterdam, Holanda.

2014

International artists' books from 1960 - today - Internationale Künstlerbücher von 1960 bis Heute Benediktinerstift Admont, Austria.

2012

A Wake: Still Lives and Moving Images - Dumbo Arts Centre (DAC), New York, NY.

2011

A Wake: Still Lives and Moving Images - Momentum Gallery, Berlim, Alemanha.

A Wake: Still Lives and Moving Images - The Leo Kuelbs Collection, New York, NY.

2010

Tekhne’ - Museu de Arte Brasileira MAB FAAP - Fundaçao Armando Alvares Penteado, São Paulo, Brasil.

Lovers at Photofilm ( Cinema) Tate Modern, Londres, Inglaterra.

2009

7. Bienal do Mercosul, – Grito e Escuta, Porto Alegre, Brasil.

2007

Poiesis - Oi Futuro, Rio de Janeiro, Brasil.

Cinema of Brazil : Literature into Film , Barbican, Londres, Inglaterra.

2004

Hiper Relações Eletro Digitais - Santander Cultural, Porto Alegre, Brasil.

2000

Continental Shift - Ludwig Forum für Internationale Kunst, Aachen, Alemanha.

Schrift und Bild in Bewegung - Gasteig München, Alemanha.

1999

Scripturale – Wort und Schrift in der Kunst - Kunsthaus Hamburg, Hamburgo, Alemanha.

Texte Sehen : Deutsche und Japanische Visuelle Poesie : Gesten als Weltprozess - Museum fuer Zeitgenossische Dichtung, Tanka und Haiku, Kitakami, Japão.

1997

La Suisse Ailleurs Autrement, Prix Michel Jordi de Photographie - Centre Saint Gervais Pour l’ Image Contemporaine Genève, Suiça.

United Artists: Luz - Casa das Rosas, São Paulo, Brasil.

1996

Gang Warfare (Michael Corries) - Le Consortium, Dijon, França.

Brazil: the thinking photography, Rochester, New York.

1995

Configura 2, Galerie am Fischmarkt, Erfurt, Alemanha.

1994-2000

The Future of the Book of the Future - Florida, Alaska, Nyc ( Franklin Furnace ).

1994

Bienal Brasil Século XX - Fundação Bienal de São Paulo.

4. Studio Internacional de Tecnologias de Imagens Sesc Pompéia, São Paulo , Brasil.

1993

Made in Hamburg / Scheinwerfer – Kunsthaus Hamburg.

Hamburgo, Alemanha.

1992

Transfutur, Galerie Pankow, Berlim, Alemanha.

1991

2.Studio Internacional de Tecnologias de Imagem SESC Pompéia, São Paulo, Brasil.

Exposicão Internacional de Esculturas Efêmeras, Fortaleza, Ceará, Brasil.

1987

Palavra Imágica - Museu de Arte Contemporânea da Universidade de São Paulo MAC-USP, Brasil.

A Trama do Gosto - Fundação Bienal de São Paulo, Brasil.

1986

Projeto Vermelho - Proggetto Rosso.

Museu de Arte Brasileira MAB-FAAP São Paulo, Brasil.

1985

Tendências do Livro de Artista no Brasil.

Centro Cultural São Paulo (CCSP) / Galeria de Arte UFF Niterói, RJ, Brasil.

1979

Contemporary Brazilian Works on Paper, Nobé Gallery, New York City, NY.

1976

Grande São Paulo 76 - Museu de Arte de São Paulo MASP, São Paulo, Brasil.



Coleções Públicas

MAC Museu de Arte Contemporânea da Universidade de São Paulo, Brasil.

Neues Museum Weserburg, Bremen, Alemanha.

Ludwig Forum Fuer Internationale Kunst Aachen, Alemanha.

MAK Museum fuer Angewandte Kunst, Wien, Museu de Arte Aplicada e Contemporânea de Viena, Austria.