Pintura Tátil
Pintura Tátil, 1964

Letras em plástico, tecido, metal e pintura sobre madeira
46 × 70,5 cm

Exposições:
XIII Salão Nacional de Arte Moderna. Rio de Janeiro, 1964.
Nova Objetividade Brasileira. Rio de Janeiro, 1967.

Torturador (O Monstro)
Torturador (O Monstro), 1964

Ferro, borracha, plástico e pintura sobre madeira
90 × 70 cm

Exposição:
XIII Salão Nacional de Arte Moderna. Rio de Janeiro, 1964.

Linha de Força (Ação)
Linha de Força (Ação), 1965

Pintura e tecido sobre madeira

Coleção Roger Wright/Acervo Pinacoteca do Estado de São Paulo

Ar Vermelho (Série Fantasma), Sem data
Ar Vermelho (Série Fantasma), Sem data

Acrílico e pintura sobre madeira
30 × 30 cm

Jogo (Roleta)
Jogo (Roleta), 1964

Pintura sobre madeira
120 × 60 cm

Exposições:
XIII Salão Nacional de Arte Moderna. Rio de Janeiro, 1964.
O Objeto na Arte 60/70. Fundação Armando Álvares Penteado, São Paulo, 1978.

Psicodrama (Paz)
Psicodrama (Paz), 1965

Pintura e metal sobre madeira
140 × 185 cm

Exposições:
VII Bienal de São Paulo. São Paulo, 1965.
O Objeto na Arte 60/70. Fundação Armando Álvares Penteado, São Paulo, 1978.

Corpo Estranho (Dizer)
Corpo Estranho (Dizer), 1965

Metal e pintura sobre madeira
180 × 110 cm

Exposição:
VII Bienal de São Paulo. São Paulo, 1965.

Objeto Popular
Objeto Popular, 1966

Acrílico sobre madeira
130,6 × 96,5 cm

Vietnam
Vietnam

Acrílico e pintura sobre madeira
89,5 × 65,9 cm

Cidade Setembro
Cidade Setembro, 1965

Ponta seca e pintura sobre madeira
75 × 103 × 4 cm

O Circo
O Circo, 1975

Acrílico, cordão, metal e pintura sobre madeira
100 × 70 cm

Exposições:
Opinião 65. Rio de Janeiro, 1965.
Retrospectiva Opinião 65. Rio de Janeiro, 1985.
Museu de Arte Assis Chateaubriant no Centro Cultural Banco do Brasil. Brasília, 2001.

Estória (O Fim da Idade do Chumbo)
Estória (O Fim da Idade do Chumbo), 1965

Pintura sobre madeira
70 × 100 cm

Exposições:
Opinião 65. Rio de Janeiro, 1965.
Retrospectiva Opinião 65. Rio de Janeiro, 1985.
Opinião 65 — 30 Anos. Centro Cultural Banco do Brasil, Rio de Janeiro, 1995.

Jogos da Paz
Jogos da Paz, 1966

Pintura e acrílico sobre madeira
70 × 70 cm

Jogos da Paz (Série Imantados)
Jogos da Paz (Série Imantados), 1966

Metal, ímã e pintura sobre madeira
70 × 70 cm

Exposição:
Opinião 65. Rio de Janeiro, 1965.

O Vampiro de Rabo Preso
O Vampiro de Rabo Preso, 1968

Metal e pintura sobre madeira

40 × 28 cm

Ar (Arma)
Ar (Arma), 1967

Acrílico
25 × 30 cm

Coleção Fundação Vera Chaves Barcellos

Ar
Ar, 1968

Caixa acrílica
6,7 × 11,4 × 4 cm

Pombo do Coração Quente
Pombo do Coração Quente, 1967

Pintura-objeto
20 × 20 × 20 cm

Exposição:
IV Salão de Arte Moderna do Distrito Federal. Rio de Janeiro, 1967.

Lua
Lua, 1969

Acrílico e pintura sobre madeira
37,5 × 29,4 cm

Esqueleto, Sem data
Esqueleto, Sem data

Caixa de madeira com esqueleto de plástico
17,5 × 13 cm (fechado), 33 × 13 cm (aberto)

Do Amo ao Amor
Do Amo ao Amor, 1970

Metal, madeira e pintura sobre isopor prensado
212 × 97 × 97 cm

Exposições:
XX Salão de Arte Moderna. Rio de Janeiro, 1971.
Objeto na Arte 60/70. Fundação Armando Álvares Penteado, São Paulo, 1978.

Cartaz
Cartaz, 1967

Pintura sobre madeira
180 × 132 cm

Exposição:
XVI Salão Nacional de Arte Moderna. Rio de Janeiro, 1967.

Liberd, Déc. 70
Liberd, Déc. 70

Esquadro, metal e pintura sobre madeira
70 × 50 cm

A Garrafa (Resista)
A Garrafa (Resista), 1969

Vidro, tecido e plástico
19,5 × ø 7,5 cm

Exposição:
I Salão da Bússola. Museu de Arte Moderna, Rio de Janeiro, 1969.

Auto-retrato, Déc. 60
Auto-retrato, Déc. 60

Espelho e pintura sobre madeira
39 × 21 cm

Quadro Imantado, Sem data
Quadro Imantado, Sem data

Madeira, ímã e pintura
30 × 24 cm

Seven Days
Seven Days, 1971

Caixa acrílica com 7 lenços
80 × 30 × 6,5 cm

Exposição:
Gaber Gallery. Amsterdã, 1971.