Poema/Processo – 14ª Bienal de Curitiba

Museu Municipal de Arte, Curitiba
10.10.2019—01.03.2020

Como parte da programação da 14ª Bienal de Arte Contemporânea de Curitiba, e com curadoria de Adolfo Montejo Navas, será inaugurada em sala especial amanhã a exposição “Poema-Processo, A Última Vanguarda”. A mostra conta com trabalhos de Wlademir Dias-Pino, Neide Sá, Falves Silva, Álvaro de Sá e Moacy Cirne, entre outros. Estarão em exibição algumas das obras mais significativas produzidas pelo movimento, tal qual a obra “Solida” (1962) de Wlademir Dias-Pino, a obra “Latin American Way of Life” (1976), de Falves Silva, “Transparência” (1968), de Neide Sá, “Poema para Ser Rasgado” (1973/2017) de Moacy Cirne e “12 × 9” (1965-1967) de Álvaro de Sá, entre diversas outras.