dia e noite, ainda é longe?

14.07—04.09.2021

 

Artista:
Guga Szabzon

A Galeria Superfície apresenta a exposição individual de Guga Szabzon intitulada ‘dia e noite, ainda é longe?’. Com curadoria e texto de Diego Matos, a mostra exibe trabalhos inéditos produzidos entre 2020 e 2021.

 

Dando continuidade a sua pesquisa sobre lugares imaginados e perguntas sem resposta, Guga apresenta uma série de obras em tecido e feltro, cujos desenhos bordados estabelecem uma relação entre dia e noite, onde a racionalidade diurna e o mistério evocado pela noite convivem e se complementam.

 

O aumento de escala dos trabalhos e os diversos conjuntos também refletem essa relação com o tempo e escancaram não só uma nova dinâmica entre a artista e o tempo de sua produção, mas também sua própria percepção temporal: incerta, marcada mais pelo contraste do dia e da noite, do que pela passagem das horas.

 

Sob a luz da razão e a penumbra do sonho, a produção de Guga se manifesta como vazão, uma tentativa de controlar o incontrolável. Na máquina de costura, seu gesto é intuitivo e percorre um caminho sem mapa onde o rumo não é traçado, como uma travessia em que não se sabe o destino.

 

Curadoria e texto: Diego Matos

 

A mostra fica em exibição até o dia 4 de setembro e pode ser visitada de terça a sexta-feira, das 10h às 19h, e sábado, das 11h às 17h.

 

Preview da exposição