Tiempo de Arbol

06.05—28.06.2014

 

Artista:
Marcelo Brodsky

Marcelo Brodsky (1954).

 

Seu trabalho é caracterizado pelo uso da fotografia como instrumento de investigação e exposição de lembranças e traumas, ilustra a tentativa de reconstituir os efeitos da ditadura em seu país natal. Seu projeto Buena Memoria (Boa Memória) foi exibindo na Pinacoteca do Estado de São Paulo em 2012, e participou da 29ª Bienal Internacional de São Paulo com a obra El Rio de la Prata. Suas obras foram expostas museus nacionais e internacionais e muitas fazem parte de importantes coleções públicas e privadas. Recentemente sua obra foi adquirida pela Tate Modern de Londres e pelo Museum of Fine Arts Houston, EUA.

As fotografias apresentadas na exposição Tiempo de Arbol (Tempo de Árvore) estão centradas na relação entre a natureza e a história pessoal do artista. Ausências, reencontros, o passar do tempo, acompanham uma narrativa visual centrada no poético e nas sugestões afetivas.

O trabalho teve origem em um texto de Eduardo Cadava, Professor da Universidade de Princeton, um ensaio acadêmico sobre a relação entre a árvore e a memória na obra de Marcelo Brodsky que juntamente com as fotografias foram publicados em um livro homônimo.

Ver o livro