Poema/Processo: vanguarda e história - Basel, Suíça

14—15.06.2017

 

Artistas:
Álvaro de Sá
Falves Silva
Grupo Poema/Processo
Neide Sá
Wlademir Dias-Pino

Em comemoração aos 50 anos do movimento vanguardista de poesia visual Poema/Processo [Brasil, 1967], a Maison de la Poésie situada em Basel apresenta a exposição – Poema/Processo: vanguarda e história.

Decorrente do concretismo, o movimento surge como um rompimento criativo com a comunicação institucionalizada no campo da literatura, poesia e artes plásticas. Fundado pelos precursores Wlademir Dias Pino, Alvaro de Sá, Neide de Sá, Moacy Cirne, Falves Silva entre outros, tem sua primeira exposição inaugurada simultaneamente no Rio de Janeiro (Escola Superior de Desenho Industrial) e Natal (Sobradinho) em dezembro de 1967. Seu primeiro texto-manifesto publicado em abril de 1968 na 4º Exposição Nacional de Poema/Processo no Museu de Arte Moderna da Bahia, lançava as ideias que nortearam a prática e teoria do grupo, criando um objetivo artístico reprodutível que atendesse às necessidades de informação e comunicação das massas, pautado pela lógica do consumo imediato. Nesta ocasião, o sentido da palavra ‘poema’ foi ampliado a tal ponto que pôde se denominar como um objeto ou até mesmo como uma performance coletiva.

À convite da Maison de la Poésie, com organização de Gustavo Nóbrega, a exposição apresentará as obras iniciais do movimento como a revista Ponto 1 (1967) que consiste em uma caixa de encartes em que o poema liberto do suporte é verificado experimentalmente, a revista/caixa Ponto 2 (1968), a caixa Processo 1 (1969), juntamente com o envelope Virgula (1972) com obras coletivas que serão expostas sobre mesas do tradicional clube de leitura Lesegesellschaft-Basel, Suíça.

 

Serviço

 

Local:

Allgemeine Lesegesellschaft

Endereço: Münsterplatz, 8
4001, Basel, Suíça

lesegesellschaft-basel.ch

 

Período expositivo:

quarta-feira, dia 14.06  14h – 21h.

quinta-feira, dia 15.06   9h – 12h.

Entrada gratuita