SP-Arte 2018

Solo, Stand SL3
11—15.04.2018

Para a SP-Arte 2018, a Galeria Superfície apresenta um projeto solo do artista Martinho Patrício.

 

Com ativa produção desde os anos 80, Martinho Patrício pode ser considerado herdeiro do movimento Tropicalista. Tendo como referência a obra dos artistas neoconcretos, participa da 27ª Bienal Internacional de São Paulo, curada pela crítica Lisette Lagnado, com a instalação interativa “Brincando com Lygia”. A mesma referência se mostra em sua série “Me Molde”, em que esculturas de tecido podem ser manipuladas e até mesmo vestidas. Para esse projeto solo, apresentamos um recorte panorâmico mostrando obras de diversos períodos da produção do artista, possibilitando uma leitura da sua trajetória e das conexões nela existentes.