Neide Sá e Pietrina Checcacci — Exposição "Farsa"

SESC Pompeia
20.10.2020—30.01.2021

 

Abriu hoje a exposição FARSA no SESC Pompeia, com trabalhos de Neide Sá e Pietrina Checcacci. A mostra aproxima propostas experimentais das décadas de 60/70 da produção de artistas que emergiram no século XXI, no Brasil e em Portugal, investigando os desafios da língua e da linguagem, e desconstruindo as mesmas, em países que compartilham uma língua que foi fator de opressão e vetor de liberdade. FARSA fica em cartaz até o dia 30.01.2021, e pode ser visitada com agendamento prévio.

Marcelo Brodsky — Exposição "Pictures, Revised"

Metropolitan Museum of Art, Nova York, EUA
19.10.2020—09.05.2021

 

“La clase”, da série ‘Buena Memoria, 1967–1996’, de Marcelo Brodsky, está em exibição no Metropolitan Museum of Art de Nova York. A obra, que foi adquirida pelo museu em 2006, agora compõe a exposição “Pictures, Revisited”, um mergulho na coleção de fotografia contemporânea do Met para explorar apropriações visuais como estratégias fotográficas. O trabalho de Brodsky foi realizado em 1996, quando retornou do exílio aos 40 anos e encontrou a imagem do seu grupo de colegas da Escola Nacional de Buenos Aires (CNBA), a turma do ‘1º ano, 6ª divisão’, como diz a legenda. Brodsky intervém na fotografia com giz de cera, evidenciando o destino de cada um. Em torno daquele ano, o artista organizou uma homenagem aos desaparecidos da ditadura militar argentina, na qual fez uma lista com os nomes dos ex-alunos da escola assassinados: chegava a 98 na época. Além desta edição do Met, “La clase” também integra os acervos da Pinacoteca, do Tate Modern, do Museu de Belas Artes de Houston e do Museu Nacional de Belas Artes de Buenos Aires, e já participou de 250 exposições ao redor do mundo. “La clase” está na sala 851 da Tisch Gallery, no Metropolitan Museum of Art de Nova York, e ficará em exibição até o dia 9 de maio de 2021, na mostra “Pictures, Revisited”.

No Calor da Hora

M.A.P.A.
31.08—25.10.2020

 

Em resposta ao momento presente, M.A.P.A. (Modos de Ação para Propagar a Arte) promove No Calor da Hora, uma mostra de arte inédita no espaço público. 27 artistas convidados, cujas poéticas derivam de múltiplos percursos, ocupam 27 espaços de outdoors em 27 cidades do Brasil. As artistas Anna Costa e Silva e Vera Chaves Barcellos integram esse projeto. De 31 de agosto à 25 de outubro a mostra ocorre de maneira descentralizada pelo país e conectado virtualmente na plataforma do projeto.

TRANSE — Viewing Room Lotus Lobo

05.08.2020

 

A Galeria Superfície integra a nova plataforma digital Transe com a artista Lotus Lobo. Abrigada no site da Fortes D’Aloia & Gabriel, Transe proporciona uma maior interconexão entre espaços alternativos, instituições independentes, galerias comerciais e públicos, gerando maior visibilidade para o circuito como um todo. As atualizações serão constantes, criando um conteúdo dinâmico que se transforma e se expande com novos convidados, a cada rodada. “Transe é um campo aberto de troca e exposição, uma iniciativa que propõe união na experiência comum ao mesmo tempo que reafirma nossa crença na multiplicidade de modelos e linguagens. Os primeiros nove participantes refletem essa intenção.” Acesse o Viewing Room da Galeria Superfície em: www.galeriasuperficie.com/lotuslobo

Débora Bolsoni – IMS Convida

02.07.2020

 

Confira o vídeo “Por analogia – Superabundância do real” da artista Débora Bolsoni para o programa IMS Convida, ação de incentivo à criação artística durante o período indeterminado da quarentena.

Lotus Lobo — Entrevista para Revista Nº 1

BDMG Cultural
30.06.2020

 

Em fevereiro de 2020, a artista mineira Lotus Lobo concebeu uma entrevista ao curador Marcelo Drummond e à jornalista e atual diretora do BDMG Cultural Gabriela Moulin, publicada na Revista Nº 1. Lotus revela as muitas possibilidades de invenção e convívio que sua trajetória de mais de cinco décadas continua a criar, comenta sobre a exposição “Território Gravado” (2019), na Galeria Superfície, e sua formação ligada ao cinema.

Anna Costa e Silva — Para alguém que está me ouvindo

23.06.2020

 

“Para alguém que está me ouvindo” é uma proposição artística de correspondências virtuais (videocartas) que tem o confinamento como ponto de partida para trocas e afetos entre pessoas que não se conhecem. O trabalho opera como uma versão contemporânea das “mensagens na garrafa”, que abre brechas para um contato íntimo na escala um para um, através das tecnologias disponíveis em 2020. Dirigida por Anna Costa e Silva, e co-criada com Ana Abbott, Luciana Novak, Maria Clara Contrucci e Nanda Félix, a experiência começa por uma chamada aberta, na qual qualquer pessoa pode se inscrever para receber uma videocarta diretamente em seu email. Cada uma das 5 performers escreveu uma carta para uma pessoa desconhecida, falando de suas sensações, dores e atravessamentos durante esse período, e convidando x destinatárix a responder, também por vídeo, sobre o que está sentindo e percebendo. A partir daí, começa uma troca de videocartas, sempre no âmbito privado, que poderá durar até o final do confinamento, ou até quando quiserem. Passando por surrealismos, angústias, estranhezas e sonhos que esse novo cotidiano nos impõe, o projeto cria um espaço-tempo suspenso para a conversa entre duas pessoas. Uma experiência de proximidade em tempos de distância, que opera em algum lugar entre realidade e ficção, e esgarça os limites entre arte e vida, público e privado, performer e espectadorx.

 

Para participar, escrever para annacostaesilva@gmail.com ou +55 21 99406-9009

Marcelo Brodsky – "Correspondências visuais" com Michal Iwanowski

23.06.2020

 

Entre abril e junho de 2020, Marcelo Brodsky trocou correspondências visuais com o fotógrafo polonês Michal Iwanowski. Este diálogo entre dois criadores destrói o centro do eu do autor e apresenta algo diferente. Cada decisão é determinada não apenas por tentativa e erro, mas pelo trabalho do artista para tornar um discurso consistente com trabalhos anteriores, construindo assim uma identidade visual pessoal. O vídeo está disponível no perfil do Instagram da Galeria.

not cancelled Brasil

17—23.06.2020

 

A Galeria Superfície participa da segunda semana do evento de arte internacional online not cancelled BRASIL, com uma seleção especial de obras dos artistas Guga Szabzon e Arthur Chaves. not cancelled (não cancelado) é um projeto desenvolvido pela agência TREAT, sediada em Viena. Esta edição surgiu em meio a pandemia do COVID-19, com a ideia de agrupar grande parte das principais galerias de arte contemporânea do país. Diante desse cenário, em que eventos presenciais e feiras de arte foram canceladas, a plataforma digital permite que essas galerias estejam “fechadas mas abertas”. A página da Galeria Superfície pode ser acessada em Week 2 a partir do dia 17 de junho, às 10h, até o dia 8 de julho de 2020.

Galeria Temporariamente Fechada

16.03.2020

 

De acordo com as recomendações e estratégias para conter a propagação do novo coronavírus COVID-19, e em proteção à comunidade, a Galeria Superfície estará temporariamente fechada. Continuaremos trabalhando normalmente em home office, atendendo aos e-mails, telefonemas e às redes sociais. Assim que a situação se estabilizar divulgaremos as datas de aberturas de exposições e novos projetos.

Betty Leirner – Exposição "Explosão de Flores – Artistas da Coleção Ludwig"

Ludwig Forum fuer Internationale Kunst, Aachen, Alemanha
14.03—13.09.2020

 

No início da década de 70 um movimento crescente de mulheres artistas indelévelmente marcou o mundo das artes. Ao reivindicarem à si mesmas, o respeito que na época era apenas desfrutado pelos homens em todas as modalidades das artes, afirmaram-se com atitudes provocativas realizando ações políticas em espaços públicos e anuciando o fim da modéstia através de esculturas em grande escala, vídeos e performances onde encenam seus corpos nus. Junto às pioneiras feministas da historia da arte, estas artistas abriram caminho para novas concretizações e realizações . Flower Blast / Blumen Sprengung, título homônimo de uma obra da artista Annette Wehrmann, invoca este espírito de renovação.

1970 também marca o ano da fundação da Neue Galerie – Sammlung Ludwig, do casal de colecionadores Peter e Irene Ludwig. Uma das mais importantes coleções de arte contemporânea do mundo, o precursor do Ludwig Forum für Internationale Kunst esta localizado permanentemente em Aachen, Alemanha. O cinquentenario da instituição é uma oportunidade para submeter as coleções à uma reavaliação: pela primeira vez serão apresentadas exclusivamente mulheres artistas em uma exposição com cerca de uma centena de obras.

Anna Costa e Silva – Residência Terremoto X Ubisoft

03.03.2020

 

Anna Costa e Silva foi a ganhadora da primeira chamada aberta para o programa de residência da Revista Terremoto com a Ubisoft. A residência, que começa em abril, terá duração de três meses e vai terminar com uma exposição da artista em um centro de arte local.